Descobrir o número do CPF: veja como!

Descobrir o número do CPF

Não sabe o número do seu CPF ou precisa saber qual é o CPF de alguém? Não se preocupe. Vamos te ajudar a descobrir!

Descobrir o número do CPF: veja como!

O CPF é, sem dúvidas, um dos documentos mais importantes para qualquer cidadão brasileiro.

Sem ele, não é possível realizar desde coisas simples como cadastros em lojas a outras atividades importantes que exigem esse número. Perdê-lo é uma situação muito desagradável, embora corriqueira.

Por isso, o que você vai aprender hoje é muito útil. Você pode usar essa informação caso tenha perdido o seu CPF, sido roubado ou furtado ou, ainda, ajudar alguém que esteja passando por essa situação.

Então, se você quer descobrir o seu número de CPF, nos acompanhe até o final desse texto e saiba como!

Como descobrir o meu número de CPF?

Se você perdeu o seu CPF e precisa saber qual era o número, não se preocupe, pois isso é possível. No entanto, antes de começar, tenha em mente que esse processo pode não ser muito fácil.

Afinal, como citamos acima, o CPF é um documento muito importante e que é utilizado para praticamente tudo atualmente. Assim, alguém que tenha acesso ao número de CPF de outra pessoa pode utilizá-lo para diversos fins, sejam eles legais ou ilegais.

Por isso, para dificultar o acesso de qualquer pessoa ao CPF de outras, o processo para descobri-lo não é tão simples, o que pode complicá-lo ainda mais para você.

Sabendo disso, certifique-se de que o número não esteja em outros documentos, pois os mais recentes o contêm – e, se encontrá-lo, isso lhe poupará um grande trabalho. Aplicativos de banco ou do Gov.br também podem ser uma maneira muito mais fácil de saber o número.

Mas, se você já checou os seus documentos e aplicativos e ainda não conseguiu achar o seu número de CPF, vamos te falar como descobri-lo. Vem!

  1. Comparecendo a uma unidade de serviço da Receita Federal

Essa é, basicamente, a única maneira possível, segura e garantida de descobrir o seu número de CPF.

Você deve comparecer a uma unidade de serviço da Receita Federal. Assim, é possível certificar de que você é, realmente, o dono do CPF que deseja descobrir.

É necessário comprovar a sua identidade, pois essa é a forma como a Receita Federal consegue manter a segurança dos dados de todos – inclusive dos seus.

Para isso, leve com você um documento de identificação oficial e com foto (RG ou CNH, por exemplo), explique a situação e, então, peça para que informem o seu número de CPF.

Saiba o que fazer em caso de perda ou roubo do seu CPF

Se você perdeu ou teve o seu CPF roubado, a primeira providência que deve ser tomada é o registro de um boletim de ocorrência. Vá direto até a delegacia mais próxima e não deixe que passe muito tempo, pois o seu nome estará em jogo.

Fazer isso protegerá o seu número de CPF contra fraudes e qualquer outra forma de uso indevido por outra(s) pessoa(s), para fins legais ou ilegais em seu nome. Por isso, a perda, roubo ou furto deve ser informado às autoridades o mais rápido possível.

Após realizar o registro do B.O informando a situação ocorrida, compareça a uma unidade da Receita Federal (de preferência, com o boletim em mãos) e, então, peça a segunda via do seu CPF. Falaremos mais sobre ela a seguir.

Pedindo a segunda via do CPF

Antes de tudo, tenha em mente que o cartão físico do CPF não é mais emitido.

Isso porque o número já está presente nos documentos mais recentes, como os novos RGs, e agora o documento vale dessa forma ou impresso em casa – isso quando é exigida a apresentação do mesmo.

Por isso, se você perdeu ou teve todos os seus documentos roubados, talvez a melhor opção agora seja renovar o seu RG e poupar o tempo que seria usado para pedir uma segunda via apenas do CPF.

O novo RG é muito mais completo, pois já vem com diversas informações pessoais e números de outros documentos. Além disso, seu formato mudou, e essa versão pode ser considerada a mais válida em alguns locais, por ser a mais recente.

 

Leia também: Entenda A Relação Entre Marketing E O Metaverso