Nesse vídeo de hoje você vai ficar sabendo quem foi a primeira esposa de Vladimir Brichta.
Paulo Vladimir Brichta é um famoso ator brasileiro. Nascido em Diamantina no dia 22 de marco de 1976, o artista se mudou para a Bahia aos 4 anos de idade.
Estreou na televisão na novela Porto dos Milagres como o garçom Ezequiel. Um ano antes, ele já havia se destacado no teatro com a peça A Máquina, na qual também fizeram sucesso seus amigos Lázaro Ramos e Wagner Moura
Entre seus trabalhos em telenovelas vale destacar: Coração de Estudante, Belissima e o seriado Tapas e Beijos.
Sua atuação mais recente foi como Nenem em Quanto mais vida melhor na Rede Globo.
Quanto a sua vida pessoal, Vladimir é casado com a artiz Adriana Esteves desse 2006. O dois são pais de Vicente. Adriana tem um filho do relacionamento com também ator Marco Ricca, Felipe Ricca, de 22 anos. Vladimir é pai de Agnes fruto do seu primeiro casamento.
A jovem tem 24 anos de idade, e também é atriz assim como o pai e a madrasta. Agnes Brichta é fruto do relacionamento de Vladimir com Gena Karla Ribeiro.
A mãe da atriz faleceu em 1999 aos 28 anos, vítima de porfiria, uma condição rara que afeta o sangue. Na época do acontecido Agnes estava com apenas 2 anos de idade. Vladimir estava com 21 e apenas começando a carreira quando perdeu a esposa. Além de enfrentar o luto pela mulher, Vladimir Brichta chegou a perder a guarda de Agnes em 2001 para sua ex-sogra. De acordo com a ex-sogra, o ator da Rede Globo não tinha condições de cuidar da herdeira.
Vladmir Brichta lutou na justiça contra a ex-sogra para ter a guarda de Agnes, depois de 1 ano e 10 meses, ela voltou para os cuidados do pai. Porém, não de forma definitiva, o ator precisou mostrar na Justiça que era capaz de cuidar da pequena. A batalha durou 5 anos e o contratado da Globo conseguiu vencer. Mas, mesmo com as diferenças, ele nunca proibiu a herdeira de ter relação com a avó e fazia questão que ela mantivesse contato com a família da mãe.
Recentemente Agnes contracenou com o pai Vladimir na novela quanto mais vida melhor. Em entrevista, a jovem revelou como foi a experiencia de trabalhar ao lado do pai. Eu e meu pai nos entendemos com muita facilidade, é bem impressionante. Não consigo imaginar a gente brigando ou eu me cansando dele. A gente não ficou colado no trabalho. Estávamos ocupando o mesmo lugar, mas respeitando o espaço do outro. Temos maneiras diferentes para concentrar, lidar, decorar o texto… É uma conduta profissional. Declarou Agnes Brichta

Compartilhe.
Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados