Aos 43 anos de idade, Irandhir Santos se consagra como um dos maiores atores da TV Globo, na atualidade. Vivendo mocinho ou vilão, o profissional encanta os telespectadores e chama atenção pela verdade que passa em cena. Na vida pessoal, o pernambucano é muito bem casado. Nesse vídeo de hoje você vai ficar sabendo quem é o marido de Irandhir Santos o Zé Lucas de Pantanal.
Nascido na cidade de Barreiros, Irandhir viveu em várias regiões do interior do estado de Pernambuco durante sua infância, pois seu pai, que era gerente de banco, frequentemente era transferido para uma nova agência.
Irandhir Santos é um dos maiores atores do teatro e cinema brasileiro somando grandes prêmios no Brasil e no exterior. Ele iniciou sua trajetória em 2007 na minissérie A Pedra do Reino interpretando Dom Pedro Dinis Quaderna. Sete anos mais tarde, voltou a atuar na pele de Zelão na telenovela Meu Pedacinho de Chão e viveu João na minissérie Amores Roubados. Em 2016, deu vida a Bento dos Anjos em Velho Chico e, no ano seguinte, encarnou Nael em Dois Irmãos. Em 2018, participou da série Onde Nascem os Fortes como o líder Samir, e em 20019 viveu Alvaro em Amor de mae.
Ainda em 2019, o ator lançou o documentário ‘Iran’. Irandhir Santos soma aproximadamente 35 prêmios diversos por trabalhos na TV e no cinema, incluindo o ‘Grande Prêmio do Cinema Brasileiro’, o ‘Prêmio Extra de Televisão’ e o ‘Festival Paulínia de Cinema’
Atualmente, Irandhir vive o peão Jose Lucas de Nada no remake de Pantanal, que é um dos filhos de Ze Leoncio. Na primeira fase da novela, o ator interpretou Joventino que se transfornou no velho do rio.

Quanto a sua vida pessoal, Irandhir Santos é casado com Robeerto Efrem Filho desde 2013. O casal mora em Recife
Roberto é professor universitário, atuando na Universidade Federal da Paraíba e na Universidade Federal de Pernambuco. Ele também trabalha como escritor.
Recentemente, os dois foram juntinhos fazer compras e caminharam animadamente pelos corredores de um Shopping.

Compartilhe.
Avatar de Cristina Leroy Silva

Formada em letras pela UNICURITIBA, Cristina Leroy começou trabalhando na biblioteca da faculdade como uma das estagiárias sênior. Trabalhou como revisora numa grande editora em São Paulo, onde cuidava da parte de curadoria de obras que seriam traduzidas/escritas. A 4 Anos decidiu largar e se dedicar a escrever em seu blog e sites especializados