impactos-ma-higiene-bucal-pratica-esportes

Quais os impactos da má higiene bucal na prática de esportes?

A odontologia é um setor que vem se desenvolvendo ao longo do tempo, oferecendo uma série de soluções que vão desde os famosos procedimentos estéticos (como as lentes de contato dental) até a atuação alinhada a setores diversos, como a saúde bucal no esporte.

A prática de esportes é importante para o condicionamento do corpo, mas para que os resultados sejam sentidos, o atleta precisa se preocupar com muitos pontos como:

  • Alimentação;
  • Hidratação;
  • Condicionamento;
  • Saúde bucal.

A saúde bucal é uma dimensão que vem sendo cuidada pela odontologia esportiva, garantindo que os atletas com aparelho ortodôntico, clareamento ou qualquer outro procedimento, possam ter um condicionamento e resultados mais eficientes, sem prejudicar os tratamentos ou estrutura bucal.

No presente artigo abordaremos sobre a relação entre o cuidado com os dentes e a prática esportiva.

A odontologia e o esporte

O cuidado com os dentes é muito importante para os atletas, principalmente para melhorar o condicionamento e contribuir com a obtenção dos resultados. Assim, para ajudar os atletas, existe uma especialidade conhecida como odontologia do esporte.

Na prática, a odontologia do esporte tem como objetivo acompanhar a saúde do atleta, contribuindo com aspectos como:

  • Identificação;
  • Prevenção;
  • Tratamento;
  • Reabilitação.

Com isso, é possível melhorar o rendimento dos esportistas e prevenir lesões que podem ocorrer, principalmente nas atividades de alto impacto.

Assim, é possível evitar que haja complicações em tratamentos, bem como diminuir riscos de dificuldade de adesão e recuperação em procedimentos como tratamento de canal, afinal, haverá a proteção da cavidade enquanto a imunidade é favorecida pela atividade.

Cada modalidade esportiva traz características únicas que faz com que a prática odontológica voltada para o esporte seja desenvolvida e apresentada com soluções únicas.

No tópico abaixo falaremos sobre alguns tipos de doenças bucais que podem acometer os  atletas e que são cuidadas pela odontologia esportiva.

Consequências da ausência da higiene bucal

Quando os atletas não cuidam bem dos dentes, tanto no quesito de alimentação e busca de nutrientes, como na ausência da higiene bucal, doenças são desenvolvidas.

No tópico abaixo abordaremos sobre aquelas que podem ser causadas pela falta de cuidado.

  1. Endocardite bacteriana

Um dos problemas bucais que se originam pela falta de higienização e que mais podem causar problemas para os atletas é a endocardite bacteriana.

Esse tipo de patologia é uma infecção grave e que pode acometer inclusive quem usa implante dentário. 

As consequências dessa doença podem ser graves, pois as bactérias podem entrar na corrente sanguínea, podendo alcançar o coração.

Quando essa bactéria chega ao coração, pode alcançar as artérias, as válvulas e tecidos. 

O tratamento feito pela odontologia esportiva é feito em duas etapas, como a medicação antibiótica, seguida de procedimentos de limpeza no consultório.

  1. Fraturas no dente

Por conta do contato e dos impactos que são causados pela prática dos esportes, alguns dentes como o molar, o siso e a cavidade bucal como um todo podem apresentar fraturas. 

Desta maneira, é de grande necessidade o uso do protetor bucal, para evitar que esses dentes sofram erosão, bem como em caso de atletas com aparelho transparente, evitar a quebra das peças.

O uso do protetor bucal

Assim, é possível identificar que os atletas tendem a apresentar problemas bucais quando não bem cuidados. Inclusive, elementos como uma nutrição mais calórica e bebidas isotônicas podem ajudar no aparecimento de cáries também.

Na prática, é importante que o atleta continue a higienização bucal de forma correta e siga os treinamentos com cuidado. 

Para que o rendimento dos esportistas não seja reduzido por uma fratura no dente ou lesões do maxilar, por exemplo, ou mesmo evitar o comprometimento estético, é de grande necessidade o uso do protetor bucal.

O protetor da boca é um acessório que protege suas dimensões como dentes, gengivas, articulações bucais e faciais. Essa proteção também atua contra os impactos, melhorando a respiração do atleta.

Existem algumas modalidades esportivas que usam o protetor bucal de forma contínua como: lutas marciais, basquete, handebol e hockey. 

Inclusive, para se ter uma ideia da importância dessa ferramenta, os esportistas que usam a proteção bucal podem reduzir em até 80% as chances de traumas nos dentes. 

Dicas para manter a saúde bucal dos atletas

Por fim, temos que entender alguns cuidados para que os atletas mantenham sua saúde bucal. 

A primeira delas é a visita periódica ao médico dentista do esporte. Esse profissional é especializado na relação entre a saúde bucal e as modalidades esportivas, podendo acompanhar de forma adequada o atleta ou equipe. 

Mais ainda, o profissional poderá indicar os melhores exames e tratamentos preventivos, além de proporcionar segurança, conforto e limpeza profunda.

O segundo ponto é manter a higienização dos dentes e da cavidade bucal com as escovas de cerdas macias e com técnicas eficientes de limpeza.

Esses fatores são importantes para que os atletas tenham bom desempenho e mantenham um sorriso saudável. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Clínica Ideal, plataforma especializada em marketing e gestão para consultórios e clínicas odontológicas.